Capa | Notícias | Daniel- Vida de Oração e Intimidade com Deus

Daniel- Vida de Oração e Intimidade com Deus

         Daniel- Vida de oração e intimidade com Deus

1-      O propósito de Daniel ao chegar à babilônia (1:8), mostra que ele tinha muita intimidade com Deus e convicção no seu agir. (1:12-13)

2-      Daniel propõe interpretar o sonho do rei (2:10-16), e junto com seus companheiros se colocam em oração para receber a revelação de Deus. (2:17-23), revelações que muitas vezes vinham através de visões e sonhos: Nm 12:6; Gn 46:2; Jó 33:14-15; Lc 1:11,22; At 10:11,17; II Rs 3:5; Mt 1:20

3-      Daniel tinha intimidade com o Deus que revela mistérios (2:27-28).

4-      Daniel era reconhecido como alguém cheio de dons, revelação interprete de sonhos (4:8-9).

5-      Grande responsabilidade do profeta em revelar a verdade do sonho (4:19), considerando que o profeta tem que ser fiel a mensagem (Ez 13:1-10; I Rs 22:1-28).

6-      Após vários anos Daniel continua como profeta interpretando visões e sonhos fielmente (Dn. 5).

7-      Mesmo diante de perseguição e leis contrárias a sua fé, ele manteve sua vida de oração (6:10-11), orar para as bandas de Jerusalém (I Rs 8:47-49)

8-      Daniel caiu constantemente pela glória das revelações de Deus (8:18-19), sendo capaz de mover os céus em respostas as suas orações (9:21-23; 10:4-19)

 

Deixe uma resposta